Sonhei com você, e acordei com uma saudade boa.
Onze 20. (via ohomemdastulipas)

(Source: segmentis)

9:41 am  •  13 September 2014  •  3,939 notes
‎Um dia você vai encontrar alguém que te lembre todos os dias que a vida é feita para ser vivida. Alguém que é perfeito de tão imperfeito. Alguém que não desista de você por mais que você tente afastá-lo. Naquele dia que você não estiver procurando por ninguém, naquele dia que você não ia sair de casa e acabou colocando a primeira roupa que viu pela frente. Quando você não estiver procurando, você vai achar aquela pessoa que faz você sentir que poderia parar de procurar.
Caio Fernando Abreu.  (via doistonsdeamor)

(Source: Expurgar)

8:44 am  •  7 September 2014  •  1,169 notes
Segure a minha mão, porque eu sou mais forte quando estou contigo.
Leandro Borges  (via doistonsdeamor)
8:43 am  •  7 September 2014  •  972 notes
Deus te ouve antes mesmo de você falar.

(Source: deuscuidademiim)

8:42 am  •  7 September 2014  •  12,841 notes
Deve ser insegurança, ou talvez outra coisa que eu não saiba. Só o que sei é que sinto um aperto no peito que quase me sufoca quando você fala de outra garota.
Eu realmente gostaria de não sentir, começo a pensar absurdos e quando me dou conta já me deixei lá pra baixo.
― Arabella
9:38 pm  •  6 September 2014
Nunca fui muito sociável. Nunca me encaixei naquelas rodinhas de amigos onde cada um tenta se exibir mais que o outro, nunca gostei de ser o centro das atenções. Gosto de coisas simples, pessoas simples, amores eternos e amigos para a vida inteira.
A culpa é mesmo das estrelas?     (via estopins)

(Source: alentador)

8:52 pm  •  4 September 2014  •  4,493 notes
Se tudo passa, talvez você passe por aqui.
Engenheiros do Hawaii  (via estopins)

(Source: segredou)

8:52 pm  •  4 September 2014  •  37,138 notes
Acontece que escrever sobre você sempre vai ser difícil pra mim. Quando eu não consigo terminar, sempre esqueço algum detalhe que faz toda a diferença na história. Detalhes como, a luz e o brilho dos teus olhos. Então eu procuro escrever pra tentar amenizar a saudade disso, a saudade do que você é e principalmente do que eu sou quando estou com você. Eu escrevo, não esperando que algo te traga a mim, mas que eu me sinta um pouco mais pertinho de ti, onde é o meu lugar, onde eu consigo descansar melhor. Eu tenho medo de perder isso, apesar de entender bem que não controlo as coisas. Eu tenho medo de acordar algum dia e não poder te ligar mais, ou pior, acordar, dia após dia e ver que nada mudou. Eu queria poder te amarrar aqui dentro e te guardar pra sempre. Suas formas tão lindas, como eu queria tê-las todos os dias e ao mesmo, tê-las só de vez em quando pra não perder, pra não cansar. Apesar de me cansar de você ser algo impossível de acontecer. Eu escrevo porque te quero mais perto. Pra guardar você. Falar eu não consigo e tu sabe bem disso, percebes meu nervosismo, minha busca por palavras que não cessam. Eu escrevo porque se não te encontrar amanhã ou depois, nessa vida previsível, eu quero ter algo pra lembrar de você além do registro da sua beleza no meu coração. Eu quero ter algo por onde passar os olhos e ter plena convicção que minha vida valeu mais a pena por ter te conhecido, e mais do que isso, escrevo para, no futuro, poder ver o quanto avançamos nisso e no quando eu te admiro ainda mais. As belezas que você causa não param de crescer, assim como toda vez que te vejo encontro algo a mais pra gostar de você. Por fim, escrevo porque não há outra maneira pra se guardar coisas bonitas. E você merece meu tempo, merece minhas palavras, merece minha escrita, merece meu coração.
― Me encantas, azuelar.   (via caluniou-se)

(Source: azuelar)

8:27 pm  •  4 September 2014  •  18 notes